27- Fome e Sede de Justiça PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 1
PiorMelhor 

     

 

Introdução-Luiz Claudio Barsoteli

Narração: -Samuel Chaves

Música Incidental: Jesus , Joy of Man's Desire (Paulinho Nogueira)

 

                                 

O EVANGELHO DE JESUS- Episódio  27- “ Fome  e Sede de Justiça”

( baseado no evangelho de Mateus 5:1-12  e Lucas 6:2—26)

Vendo aquelas multidões, Jesus subiu à montanha. Sentou-se e seus discípulos aproximaram-se dele.Então ,erguendo os olhos para seus discípulos ,abriu a boca e lhes ensinava, dizendo:


Bem-aventurados os pobres de espírito, porque deles é o Reino dos céus!Bem-aventurados os que choram, porque serão consolados!Bem-aventurados os mansos, porque possuirão a terra!Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim.


Alegrai-vos e exultai, porque será grande a vossa recompensa nos céus, pois assim perseguiram os profetas que vieram antes de vós.

COMENTÁRIOS: Recomeçamos nossa história  , relembrando que o amado mestre  Jesus havia subido ao monte com  diversos discípulos e simpatizantes, onde após uma noite intensa de vigilância, isto é , meditação e  orações elevadas a Deus ,fez uma escolha dos doze mais capacitados a manter  e disseminar suas mensagens de renovação e de amor.Isto não significava que  seriam perfeitos ou modelos a serem seguidos pela humanidade, mas sim  aqueles cujos corações estavam dispostos realmente a aprender a arte de ser feliz e livre pelo amar, compreender, trabalhar,perdoar, renunciar  e  servir.

 

Logo em seguida  ao descer , defronta-se com multidões vindas dos quatro cantos das regiões  próximas e distantes , que em sua maioria vieram atrás do Jesus exorcista e curador gratuito , embora uma grande parte , curiosa por sua personalidade, reconheciam nele um profeta maior do que  seu contemporâneo João Batista ou até mesmo maior que os profetas do passado como Elias Eliseu, Isaias, Jeremias    e  talvez maior até que o santificado Moisés. Outros apenas acompanhavam seus passos entre a dúvida e curiosidade , entre a expectativa e  a esperança de dias melhores...era realmente uma figura que despertava interesse e sensações diversas  em quem com ele se encontrasse.

 

A arte de amar, compreender, trabalhar, perdoar, renunciar  e servir não é fácil , pois os embates do dia a dia revolvem  como um tsunami  as águas mentais que deveriam ser plácidas e reluzentes como um espelho a refletir a luz da lua..As lutas interiores que acontecem no interior do coração humano são de profunda relevância , pois o indivíduo em luta interna transita da treva para a luz  inúmeras vezes  em frações de momentos ao sabor das emoções acalentadas ou repelidas.Tudo pode acontecer para promover o desequilíbrio interno , um fato , uma palavra , um gesto , uma comparação , uma competição ...este mundo é um palco onde os atores estão postos  lado a lado com desafios à paciência, tolerância , crença no amor, nos valores éticos , ao mesmo tempo em  que    as evidências do egoísmo , narcisismo , orgulho , vaidade , abuso de poder e falta de autoridade moral tornam o jogo de xadrez das causas e condições de convivência  de conseqüências imprevisíveis, podendo comprometer  vidas futuras  ao algemar-nos às tomadas de decisão equivocadas. 

 

Inicia seu  poderoso discurso relembrando os ciclos da vida , que a transitoriedade da pobreza material pode se suceder a riqueza destinada ao serviço, que  a tristeza pode ser sucedida pela alegria em nova existência   ...mas o detalhe primordial é que não era  necessário esperar por uma vida futura para que o milagre da vida plena pudesse acontecer, pois poderia acontecer aqui e agora quando alguém decidisse  abraçar a “metanóya”, a transformação do reino dos céus  . Então , ele voltou seu discurso para os desapegados das aparências  e ilusões deste mundo ...aqueles que eram conscientes de que  havia uma realidade maior   espiritual acima dos fenômenos transitórios e materiais.   

 

Do mesmo modo, os que choram, sofrendo tranquilamente as conseqüências de seus deslizes do passado de erros e más escolhas,serão consolados pela sabedoria e paz profunda do dever cumprido e do resgate pelas leis do carma  que lembra que a semeadura é livre , mas a colheita é obrigatória... , Do mesmo modo , aqueles que extinguiram em si  os desejos de vingança ou violência de mando, comando  e desmandos serão candidatos á condição de servos úteis, ao priorizar seus pensamentos , crenças e aspirações ao mais alto serviço ao bem...Como se vê, ser discípulo do Cristo é renunciar a toda tranqüilidade da lama , aprender a rastejar no pedregoso solo ao autoconhecimento até aprender a voar nos ares da sabedoria.

 

Por fim , o amado mestre nazareno  deixa orientações específicas sobre os que buscam realmente aprender o significado da justiça: “Bem-aventurados os que têm fome e sede de justiça, porque serão saciados!Bem-aventurados os misericordiosos, porque alcançarão misericórdia!Bem-aventurados os puros de coração, porque verão Deus!Bem-aventurados os pacíficos, porque serão chamados filhos de Deus!Bem-aventurados os que são perseguidos por causa da justiça, porque deles é o Reino dos céus!Bem-aventurados sereis quando vos caluniarem, quando vos perseguirem e disserem falsamente todo o mal contra vós por causa de mim.”

 

O mundo em que vivemos é regidos por leis ....e estas leis são justas de forma que nenhuma criatura de Deus se ache privilegiada ou acima da outra. Entre estas leis , estão a Lei de Reencarnação,onde a vida , que é contínua, faculta a todos os seres  sofrerem metamorfoses a utilizar de diferentes corpos , em diferentes situações, diferentes países, diferentes culturas, diferentes estados sociais para aprender as mais diversas  lições a fim de consolidar a sabedoria plena ,essencial para a verdadeira justiça...

 

Outra lei é a de compensação , chamada no oriente de “lei da ação e reação” ou simplesmente “lei do carma”e no Ocidente de “Lei de Causa e Efeito” .Por esta lei , todas as palavras, pensamentos, emoções, ações e emoções  emitidas por nossa mente vão reverberar no universo , trazendo de volta para nós as conseqüências produzidas. Nas cartas aos Gálatas 6:7 , o apóstolo adverte que “De Deus não se zomba, pois tudo aquilo que o homem plantar, certamente colherá”.Esta lei, que é justa, tem o mesmo objetivo da lei de Reencarnação, ou seja , aprimorar o espírito , até atingir a perfeita sabedoria, logo a perfeita justiça.

 

Podemos dizer que a Lei de Reencarnação e a “ Lei de Causa e Efeito ou Lei do Carma” são cara e coroa  da mesma moeda evolutiva da vida.

 

Era comum na oratória  do doce nazareno fazer comparações entre ações e conseqüências dos atos do ponto de vista moral e espiritual...

 

“Bem aventurados os pobres de espírito, pois deles é o reino dos céus” fazia contraponto às vezes com “ Ai de vós ricos, pois já recebestes vossa recompensa”.Isto significa também que as oportunidades de renascer com condições de posse, de mando e de riquezas, se não fossem bem utilizadas em favor do bem coletivo e combatido os apegos , resultariam numa sementeira de vida próxima destituído de todas as ilusões materiais ...Imagine aqueles que se locupletaram e condicionaram suas mentes ao apego dos deleites e sensações ....estes ao renascer em nova existência , seu contínuo mental cheio de desejos sensuais e ávidos por poder e prazer, ao deparar-se numa condição de humilde despossuído sem casa adequada, condições hidrosanitárias, e alimentação de baixo poder nutricional...como seria doloroso moral,emocional e mentalmente....obrigando o indivíduo a fazer das tripas coração e aprender a humildade e auto-superação...a dor não era necessária, mas ao rejeitar a companhia do amor, a dor faz-se presente e ocupa lugar....Deus está inocente nisto...somos nós que fazemos de nossa mão direita a palmatória para a esquerda !

 

A justiça de causa e efeito e da reencarnação podem se fazer presentes em outras passagens  como por exempol:

-“Bem aventurados os que tem fome,poi serão saciados” e “ Ai de vós os saciados, pois tereis fome”...ai uma seta luminosa aponta para o nosso egoísmo e narcisismo doentio, que guarda apenas para nós mesmos , poupando outros famintos, desnudos e doentes do mínimo de conforto e saciedade;

 

-“Felizes  , vós que chorais , porque rireis”, contrasta-se com “ Ai de vós que rides, pois chorareis”...os dedo da lei  de causa e efeito e da reencarnação apontam para o cinismo, o escárnio, o deboche , o abuso de autoridade que faz sofrer a outros, enquanto a vaidade e os sentidos se locupletam de  tresloucadas sensações de prazer, pompa e poder , sem se importar com as conseqüências de seus atos e quantos estes possam prejudicar , em detrimento da verdade , entronando a corrupção e mentira para se manter  em destaque;

 

-Felizes de vós quando fordes perseguidos , porque assim fizeram aos profetas”   contrasta com   “Ai de vós quando vos louvarem, pois assim fizeram aos falsos profetas”...numa alusão de que este mundo é de provas e expiações , onde a verdade ainda não foi devidamente respeitada  e que aquele que se atrever a levantara a voz contra os injustos ,  arcará com toda sorte de afronta, escárnio  e  perseguição ....pois os maus são organizados e não param para descansar.

 

Jesus  que desceu do monte para a planície onde estavam as consciências adormecidas dos homens , inicia seu discurso exaltando as virtudes ,a Lei de Deus e a sua Justiça...quantos estariam amadurecidos pelo tempo para acordar?

 

Ele sabe que motivaria a muitos ....e estes sabiam que enfrentariam a ira opositória dos homens maus, ignorantes e poderosos...existe algo pior do que um homem mau,ignorante e poderoso?

 

Porém, estes homens e mulheres de boa vontade sabiam  que em seus corações não havia mais espaço para medo, covardia e relutância. O entendimento da imortalidade e a percepção de que se andassem na luz não seriam contaminados pelas trevas , pois ainda que destruíssem seus perecíveis corpos de carne , seus espíritos imortais encontrariam em vidas futuras novas oportunidades de encontrar o reino dos céus dentro do próprio peito,mesmo que o cenário do mundo exterior  se apresentasse como inferno...

 

Dentre os valores humanos a cultuar para libertar-se dos condicionamentos inferiores,  o senso de justiça é o de maior dificuldade de adquirir.Exige um constante autoconhecimento e abandono das ilusões, egoísmo e fantasias de poder sobre coisas e pessoas.

 

Cada ser humano é único e com valores diferenciais. Aprender a conviver com honestos e desonestos, justos e injustos, sábios e ignorantes , leva  ao desenvolvimento espiritual de ambos...os bons ficarão mais pacientes, compreensivos, compassivos e justos....os ignorantes poderão ver qual o caminho luminoso  e quando o sofrimento,  a dor e  a perturbação os atormentar , poderão lembrar-se dos exemplos santificados como setas luminosas a indicar a saída do labirinto de confusões mentais em que se desenvolveram ...é do atrito que nasce a luz...para ambos !

 

Ao longo da história da humanidade , as cabeças vazias de valores, de sentimentos nobres e  de motivação de transformar proativamente o mundo ,  criaram  situações de lama, suor, sangue  que tisnaram as águas da história.Basta olhar pelas janelas de nossas casas, jornais e televisão  e lá estarão as marcas da maldade e da injustiça: um país invadindo outro,refugiados a morrer no mar tentando escapar de bombardeios, políticos a serem alvos de corrupção nos quatro cantos do mundo , autoridades sendo trancafiadas por abuso de poder  ou por condenar populações carentes à ausência de segurança, saúde, educação e infraestrutura, sendo relegadas à miséria por gerações...

 

As leis de Deus , por serem sábias e justas  nos convidam a ouvir constantemente o convite do Cristo amado à transformação de nossos corações , combatendo a ignorância, expectativas falsas ou tentações  inebriantes. Compete a cada um de nós escolher ouvir o chamado e   diminuir o fardo de  dor sobre nossas costas.

 

Nada no universo é obrigatório , compulsório ou coercitivo...a libertação  a aquisiçao da sabedoria  e o desenvolvimento da justiça  começa  no aqui e no agora, , no auto controle e na renuncia  ao supérfluo espiritual...

 

É preciso resistir aos convites  lascívios da maldade,do poder transitório e do prazer efêmero...Você está disposto a seguir esta  luminosa jornada?

 

.............................

 

Divulgue com seus amigos nas redes sociais nossos projetos   da TerraEspiritual.Org    em favor de um mundo mais fraterno e  engajado na transformação  de planeta de provas e expiações num mundo de regeneração....

 

 

 

 

 

 
Joomla SEO by AceSEF