33 - " A Não Violência" PDF Imprimir E-mail
Avaliação do Usuário: / 0
PiorMelhor 

     

 

 

Introdução-Luiz Claudio Barsoteli

Narração: -Samuel Chaves

Música Incidental: Jesus , Joy of Man's Desire

 

                                 


O EVANGELHO DE JESUS EPISÓDIO 33: A NÃO VIOLÊNCIA
( baseado no Evangelho segundo Mateus 5:38:42 e Lc6:29-30)



Ouvistes o que foi dito: "olho por olho edente por dente";. Eu porém vos digo: não resistais ao homem mau, mas a quem quer que te bate numa face ,oferece-lhe também a outra; ao quequer entrar em juízo contigo e tirar-te manto ou capa, dá-lhe também a túnica; e quem teobriga a andar mil passos, vai com ele dois mil...Dá a quem te pede,a quem te solicita
empréstimos,não voltes as costas;a quem te solicita empréstimos não lhes dê as costas e a quem te tira o que é teu, não peçais de volta.


COMENTÁRIOS: Em nosso encontro de hoje, voltaremos a sobrevoar ao monte onde o amado Mestre Jesus, seus discípulos, simpatizantes e curiosos encontram-se reunidos , dessa vez para ouvir o código do Reino dos Céus . Ficará evidente nesta manhã , que o doce Rabib traz uma mensagem aos homens e mulheres de boa vontade e especialmente aos ignorantes das sábias leis de Deus , que o Todo Poderoso Arquiteto do Universo não está preocupado com bajulações e lábias de seus filhos  , num culto de idolatria ao ego e sim em que seus filhos descubram que o caminho de volta à casa do Pai Celeste passa pelo respeito mútuo, solidariedade, compreensão , altruísmo , perdão e renúncia à vingança, ao rancor, à ira e ao malquerer.


O simples fato de ele propor a união de mentes e corações, perdão e espírito de amizade por parte de seus filhos e seguidores já passa de muito em termos de quintessência de paz profunda que desejava o profeta Moisés em seus tempos de guia de um povo bárbaro pelas terras áridas do deserto das terras cananéias , antes de chegar à terra prometida em que se estabeleceria a nação hebréia.

Quem poderia imaginar que o passaporte para o reino de Deus passa pelo perdão às ofensas e espírito de serviço aos ofensores e inimigos?Isto por si só já descredenciava o amigo galileu como profeta da maioria da população que esperava um homem invistido de poder , força e autoridade, que mandasse nas forças da natureza para realizar milagres , pestes para derrotar o famigerado invasor romano.Até osnossos dias de hoje, nossos irmãos judeus esperam por seu militaresco messias para por fim à guerra e trazer a paz no Oriente Médio.


Citando a "ei de Talião " ( confira em (Êx. 21:23-25; Lev.24:17 24 e Deut.19:21) , um código penalque os hebreus copiaram dos babilônicos , a fim de evitar que as pessoas que se sentissem injustiçadas fizessem justiça pelas próprias mãos de forma desproporcional à injustiça sofrida ,o amado Mestre Jesus faz entender que tal procedimento foi importante numa época em que seus antepassados , que vagueavam pelo deserto , endurecidos de entendimento, tinham que ter leis a fim de criar o mínimo de paz nas relações. Mas agora os tempos eram outros , e um salto de qualidade era necessário para uma nova humanidade que surgia…

 
O Cristo Amado estava convidando a todos aqueles de boa vontade , a despirem-se de ilusões de seus egos transitórios e não confundirem suas vidas e seus corpos como faziam os povos ignorantes que se deixavam embriagar pelo brilho da prata e ouro ou pelo sabor dos alimentos ou pelas cobiças sensuais. E agora , que os tempos chegaram, todos eram convidados a seguir seu divino exemplo e se tornar não violento como ele , para que através da compreensão tornassem-se mansos e dignos do Reino dos Céus.


Quando começa a falar compara a autoridade de Moisés, endereçada aos pioneiros antepassados da fundação da nação hebréia , numa época violenta e bárbara , com sua autoridade, endereçada aos homens e mulheres de boa vontade, mais preparados para receber não um conhecimento , mas a sabedoria prática ( e ele já havia demonstrado até ali que era digno ,no mínimo de ser comparado ao grande libertador do passado). Adeus “lei de Talião”...bem vinda “lei da Compreensão”…


Muito humilhante é a situação de ser esbofeteado em uma face por um agressor descontrolado emocionalmente ...o sangue sobe até a cabeça e a vontade de retaliar( como faria a lei de Talião) , porém o discípulo do amado mestre é convidado a mergulhar nas águas pacificadoras do evangelho e deixar de reagir ...para agir! Oferecendo a outra face, significa encerrar ali mesmo a contenda, disputa,ou embaraço, pois mais fácil será perder um amigo e ganhar um inimigo (que pode vir a por em perigo a integridade familiar) do que vencer quem orgulhosamente e egoisticamente desconhece as leis e ensinos do mestre.


O esbofetear , está implícito nas afirmativas do mestre , não se refere apenas a uma agressão física, mas pode vir verbalmente , e às vezes de onde menos se espera como um conjuge, familiar ou amigo íntimo.E assim mesmo , na solidão do cristão , somos convidados ao contentamento , pois a Vida Maior , espera pelos mais bem treinados na paciência e tolerância para bem servir às causasdo Pai Celeste.


O próprio Mestre Amado demonstraria na prática, que suportar ofensas não é ter “ sangue de barata”,mas sim estar em sintonia com o plano espiritual. Segundo os relatos do evangelho segundo João , após o sumo sacerdote interrogar a Jesus ,antes da crucificação ,sobre sua doutrina ,o doce rabib informa-lhe que o povo e aos judeus sabem da qualidade de seus ensinamentos e que estes podem atestar ao seu respeito. Eis que um soldado bajulador e puxa-saco do sumo sacerdote esbofeteia o doce nazareno,exigindo que ele respondesse com subserviencia. O mestre, após recompor-se afirma olhando nos olhos do soldado ,oferecendo-lhe a outra face , “Se eu falei mal, dáo teu testemunho do mal; mas se falei a verdade, porque me batestes?( confira em Jo 18:19-23)


No segundo exemplo, quando forças ignorantes, manipulando o poder que detêm ,em benefício próprio, no retirarem posses materiais, como o manto ou capa do exemplo, que é a principal peça do vestuário hebreu , somos convidados pelo amado Jesus a estar desapegados e impassíveis para entregar também a túnica que nos veste .


É como se o Cristo estivesse nos convidando a sermos livres de apegos , como a nos dizer daqueles que abusando da força física e violência nos surrupiassem posses materiais: “ Deixa ir os anéis...para que não te retirem os dedos” .A maioria de nós, ainda emocionalmente apegados às ilusões e caricaturas de realidade deste plano material, certamente reagiríamos diante de um assalto para defender nossas carteiras ou alianças , sob o risco de perder a vida .


Aqueles que nos fazem andar mil passos , certamente se compara àquele que nos obriga às vezesa contar até dez...isto é testa nossa paciência. O doce galileu nos conclama a ter paciência amorosa de tentar compreender outra alma que não seja a nossa, com suas dificuldades, características e idiossincrasias...Quem não gostaria de ser compreendido? Então aquele que
deseja ser cidadão do infinito e digno do Reino do Céus ,aprendendo a andar mais mil passos , terá tempo de conhecer melhor seu irmão e amá-lo como ele é , não como idealizamos.


Quanto ao emprestar sem esperar devoluções , nos chama atenção para o fato de quem nem todo mundo tem a dignidade de devolver, reparar e quitar suas dívidas. Era comum a cobrança violenta sob ponta de faca ou obrigando o devedor à servidão por sete anos ( em algumas situações). O convite à misericórdia e perdão é para que não nos vinculemos carmicamente como inimigos e sim como irmãos, ampliandoa família universal.

Claro que o Cristo amado sabe de nossa dificuldade de entender e por em prática...mas tempo é o que não nos falta na imortalidade espiritual dentro deste corpo-templo mortal.De passo em passo seremos mais do que bonzinhos...seremos perfeitos como o Pai Celestial( Mt 5:48).Ele retira a formalidade exterior de buscar louvar ao Deus desconhecido e traz o protagonismo para a reconciliação com o irmão conhecido ( confira em Mt 5:22-26)


Os dez mandamentos que buscam estabelecer a harmonia do homem com Deus-Criador e a paz do homem com o homem-criatura não foram suficientes...era necessário que alguém , da estatura de perfeição de um Cristo viesse nos mostrar como fazer este retorno à Casa do Pai onde reina a Paz!

....................

Se você gostou deste episódio, ajude a divulgar  “O Evangelho Comentado de Jesus” com seus amigos nas redes sociais. Nosso endereço é http://terraespiritual.com.br. Ajude a espalhar a luz do Cristo entre os homens!

 


 

 

 

 
Joomla SEO by AceSEF